Alimentação Saudável na Gravidez

Para manter uma alimentação saudável na gravidez deve dar atenção à qualidade dos alimentos e fazer uma alimentação equilibrada. Acima de tudo, há que ter bom senso. Ler mais »

Amamentação… a opção é da Mãe

A amamentação é um ato de total liberdade, que deve depende unicamente da mãe e da criança. Se num dado momento a opção for outra, nada muda em termos de Amor. Ler mais »

Azia durante a Gravidez

A azia é um sintoma comum a partir do segundo trimestre da gravidez. O seu aparecimento deve-se ao aumento do útero e às alterações hormonais que ocorrem. Ler mais »

Viver a Maternidade... prepare-se para Ser Mãe

Não há nenhum manual que a ensine a ser mãe. Mas neste artigo damos-lhe dicas úteis que a ajudam a preparar-se para viver a maternidade que cresce dentro de si. Ler mais »

Gestação: as 4 Primeiras Semanas

Começam a formar-se o cordão umbilical e a placenta, bem como as extremidades, os pulmões e o tubo neural no embrião. A mãe também sente grandes alterações... Ler mais »

 

Arquivos de Etiquetas: durante a gravidez

Siga a Pirâmide Alimentar e faça uma Alimentação Saudável

Modificar a alimentação durante a gravidez é inevitável, pois além de se enjoar alguns alimentos, nesta fase sente-se muito mais fome. Mas sentir mais fome não quer dizer que tenha de “comer por dois”! O que é necessário é ajustar o seu regime, adoptando uma alimentação variada e equilibrada.

Cumprindo os princípios da pirâmide alimentar conseguirá satisfazer as suas necessidades, levando uma gravidez saudável e tranquila, sem engordar demasiado nem enfrentar a sensação de fome constante.

A pirâmide alimentar respeita as necessidades do organismo e manifesta hábitos saudáveis de alimentação, ao contemplar a ingestão equilibrada de alimentos incluem todos os grupos nutricionais – proteínas, gorduras, hidratos de carbono, vitaminas e sais minerais.

Cuidados a ter durante a Gravidez

A gravidez é um momento de grandes emoções e em que todas as atenções estão centradas na grávida. Nesta fase tão especial da vida da mulher, é importante saber como cuidar de si, pois se a mãe estiver bem o feto crescerá de forma mais saudável.

Para ter uma gravidez saudável e tranquiliza, há determinados cuidados que deve ter:

  • Cuide da sua pele e da higiene pessoal
    Evite os banhos de imersão, devido ao risco de infeções. Opte antes por um duche diário, pois ajuda a promover a circulação sanguínea e a prevenir as estrias.
    Faça uma higiene rápida aos genitais sempre que necessário ao longo do dia.
    Lave os dentes pelo menos 2 vezes ao dia – com o aumento das hormonas há um risco de aparecimento de cáries e problemas nas gengivas.
    Hidrate a sua pele, escolhendo uma das várias marcas existentes no mercado que proporcionam uma boa hidratação e tonificação da pele. Desta forma, estará a cuidar devidamente da sua pele e evitará as indesejáveis estrias.

Começar a Viver a Paternidade durante a Gravidez

Durante a gravidez, o corpo da mulher passa por inúmeras transformações de caráter físico e psicológico; tem enjoos, náuseas, cansaço e variações de humor. Às vezes chora, às vezes ri…

É provável que o companheiro fique confuso, inseguro e até enciumado devido a todas as mudanças por que a gestante está a passar e ele não sente.

Como a gravidez costuma ser acompanhada por muitas dúvidas e inseguranças, é fundamental a mãe ter com quem dividir todas essas transformações e desafios. Então, poderá perguntar-se sobre o que fazer para que o parceiro também se sinta grávido consigo.

Alimentação Saudável na Gravidez

A alimentação da mulher durante a gravidez interfere ativamente na formação dos órgãos e sistemas do feto. Por isso, e especialmente nesta fase, é fundamental que a mulher dê atenção à qualidade dos alimentos que ingere, tendo o cuidado de moderar também a quantidade.

Ao contrário do que vulgarmente se diz, a grávida não deve “comer por dois”, mas sim pensar no bem-estar dos dois – mãe e feto. O facto de a grávida comer grandes quantidades de comida pode levar à obesidade materna e, como tal, não é saudável para si nem para o bebé.

Durante a gravidez, a mulher deve ter um aumento de peso entre 9 a 12 Kg em relação ao seu peso normal. A variação depende do facto de a mulher ser naturalmente mais forte ou mais magra. Qualquer aumento ou diminuição de peso exagerado nesta fase tem repercussões na saúde materna e fetal e, como tal, a grávida não deverá cometer excessos na alimentação ou fazer quaisquer tipos de jejuns.

Estreptococos B durante a gravidez

Estreptococos são um género de bactérias que podem causar doenças no ser humano. No entanto, a maioria das espécies é inofensiva. O estreptococo do grupo B existe com frequência no intestino das pessoas em geral.

Na mulher, essas bactérias podem acabar por se alojar na vagina, não causando qualquer dano ao bebé enquanto ele está na barriga da mãe. A questão coloca-se no parto, sobretudo se for parto normal (eutócico); quando é cesariana, não é tão problemático, uma vez que o bebé não terá contacto com o canal vaginal.

Estas bactérias, por norma, não dão quaisquer tipos de sinais ou sintomas. O médico pede um exame para fazer o despiste e, caso dê positivo, o tratamento da infeção deve ser feito somente durante o trabalho de parto; não é indicado nos meses anteriores, nem mesmo com o uso de cremes vaginais.