Alimentação Saudável na Gravidez

Para manter uma alimentação saudável na gravidez deve dar atenção à qualidade dos alimentos e fazer uma alimentação equilibrada. Acima de tudo, há que ter bom senso. Ler mais »

Amamentação… a opção é da Mãe

A amamentação é um ato de total liberdade, que deve depende unicamente da mãe e da criança. Se num dado momento a opção for outra, nada muda em termos de Amor. Ler mais »

Azia durante a Gravidez

A azia é um sintoma comum a partir do segundo trimestre da gravidez. O seu aparecimento deve-se ao aumento do útero e às alterações hormonais que ocorrem. Ler mais »

Viver a Maternidade... prepare-se para Ser Mãe

Não há nenhum manual que a ensine a ser mãe. Mas neste artigo damos-lhe dicas úteis que a ajudam a preparar-se para viver a maternidade que cresce dentro de si. Ler mais »

Gestação: as 4 Primeiras Semanas

Começam a formar-se o cordão umbilical e a placenta, bem como as extremidades, os pulmões e o tubo neural no embrião. A mãe também sente grandes alterações... Ler mais »

 

Arquivos de Etiquetas: durante a gravidez

A Vida Sexual durante a Gravidez

Durante a gravidez, o corpo da mulher muda muito – há uma série de mudanças hormonais que ocorrem, um turbilhão de emoções passa pela futura mãe, até a pele e os cabelos ficam diferentes… Todas essas mudanças se fazem sentir também na vida sexual.

Devido às alterações hormonais que ocorrem, a maioria das gestantes fica mais excitada durante a gravidez. Como já não há quaisquer preocupações ao nível do planeamento, uma vez que já se encontra grávida, torna-se mais fácil para a mulher soltar-se e usufruir ao máximo dos momentos de intimidade com o seu parceiro.

Além do prazer indescritível que dá estar a gerar uma vida, a grávida tem os seios maiores, por estarem inchados, os quadris mais arredondados e o brilho característico desta fase na pele, nos cabelos e nos olhos, o que também melhora a sua auto-estima. Aliás, em mulheres com uma gravidez saudável, o maior impulso para ter uma vida sexual ativa e prazerosa durante o período de gestação é mesmo o facto de se sentir bem com o seu corpo.

Candidíase na Gravidez

As infeções vaginais são comuns durante a gravidez. A candidíase é causada pelo fungo Cândida albicans, que se encontra alojando-se no trato intestinal dos homens e das mulheres, sendo que, em quase um terço das mulheres, também aparece na vagina. Embora fazendo parte de nosso organismo, nas condições adequadas (humidade, calor e baixa resistência) o fungo propaga-se de forma descontrolada, causando a infeção.

A doença pode ser transmitida sexualmente, quer se trate de sexo vaginal, oral ou anal. Há que ter especial cuidado nos casos em que há penetração anal-vaginal, permitindo que fungos do ânus penetrem na vagina sem higienização adequada do pénis. É importante ter a noção de que o preservativo só protege parcialmente da infeção.

Durante a gravidez, devido ao aumento do estrogénio, a vagina produz mais glicogénio, que por sua vez altera o PH vaginal, proporcionando condições para a proliferação do fungo. Por este motivo, a mulher grávida está cerca de dez vezes mais suscetível à candidíase do que quando não está à espera de bebé.

O Consumo de Álcool durante a Gravidez

O consumo de álcool em excesso poderá trazer consequências graves durante a gravidez, como a malformação do feto.

Uma explicação possível para tantos danos é o facto de que as bebidas alcoólicas fornecem calorias, desprovidas de proteínas, sais minerais e vitaminas, que são difíceis de ser processadas pela mãe e pelo feto. A síntese de proteína materna é diminuída, a transferência de aminoácidos pela placenta é restringida e a disponibilidade de ácido fólico, zinco, vitamina A e tiamina (vitamina B1) torna-se reduzida.

Mas é importante salientar que é o consumo excessivo de álcool que traz prejuízos. Ignora-se o limite máximo tolerado durante a gravidez, portanto deixe de beber logo que decidir engravidar ou pelo menos reduza a sua ingestão (as bebidas espirituosas deverão ser totalmente postas de parte). Por outro lado, o consumo de um copo de vinho ocasionalmente, pode até trazer benefícios.

Doenças na Gravidez: diabetes gestacional

Nem sempre a diabetes é uma doença desenvolvida durante a gravidez; em grande parte dos casos, a mulher já tem a doença antes de engravidar. No entanto, existem efetivamente casos de mulheres que durante a gravidez desenvolvem a doença, embora nunca tenham sido diabéticas anteriormente. Quer a mulher seja já diabética ou venha a sê-lo durante a gestação, nesta fase a doença designa-se diabetes gestacional, pois tem características específicas neste período da vida.

A diabetes gestacional é diagnosticada pela primeira vez durante a gravidez e pode ou não perdurar após o parto.

A doença resulta de uma alteração dos hidratos de carbono, devido a uma deficiente produção de insulina ou por uma má utilização da mesma pelo organismo da futura mãe, levando a um aumento dos níveis de glicémia (açúcar no sangue). A carência ou inação da insulina impede o organismo de aproveitar as proteínas, as gorduras e os hidratos de carbono, fontes de energia essenciais.

Desconfortos durante a Gravidez

Durante a gravidez, o corpo da mulher passa por diversas alterações e é normal que sinta alguns desconfortos. Os incómodos sentidos devem-se, sobretudo, ao aumento de tamanho do útero e ao desenvolvimento hormonal, uma vez que, nesta fase, as hormonas se encontram em maior quantidade que o normal.

Neste artigo, iremos abordar os diferentes tipos de desconforto que a grávida pode sentir no decorrer da gravidez, sendo que a cada trimestre estão associadas alterações significativas. Deixamos também algumas dicas sobre como agir para poder os enfrentar da melhor forma e viver a gravidez em pleno.

1º TRIMESTRE DE GRAVIDEZ