Alimentação Saudável na Gravidez

Para manter uma alimentação saudável na gravidez deve dar atenção à qualidade dos alimentos e fazer uma alimentação equilibrada. Acima de tudo, há que ter bom senso. Ler mais »

Amamentação… a opção é da Mãe

A amamentação é um ato de total liberdade, que deve depende unicamente da mãe e da criança. Se num dado momento a opção for outra, nada muda em termos de Amor. Ler mais »

Azia durante a Gravidez

A azia é um sintoma comum a partir do segundo trimestre da gravidez. O seu aparecimento deve-se ao aumento do útero e às alterações hormonais que ocorrem. Ler mais »

Viver a Maternidade... prepare-se para Ser Mãe

Não há nenhum manual que a ensine a ser mãe. Mas neste artigo damos-lhe dicas úteis que a ajudam a preparar-se para viver a maternidade que cresce dentro de si. Ler mais »

Gestação: as 4 Primeiras Semanas

Começam a formar-se o cordão umbilical e a placenta, bem como as extremidades, os pulmões e o tubo neural no embrião. A mãe também sente grandes alterações... Ler mais »

 

Arquivos de Etiquetas: durante a gravidez

Estreptococos B durante a gravidez

Estreptococos são um género de bactérias que podem causar doenças no ser humano. No entanto, a maioria das espécies é inofensiva. O estreptococo do grupo B existe com frequência no intestino das pessoas em geral.

Na mulher, essas bactérias podem acabar por se alojar na vagina, não causando qualquer dano ao bebé enquanto ele está na barriga da mãe. A questão coloca-se no parto, sobretudo se for parto normal (eutócico); quando é cesariana, não é tão problemático, uma vez que o bebé não terá contacto com o canal vaginal.

Estas bactérias, por norma, não dão quaisquer tipos de sinais ou sintomas. O médico pede um exame para fazer o despiste e, caso dê positivo, o tratamento da infeção deve ser feito somente durante o trabalho de parto; não é indicado nos meses anteriores, nem mesmo com o uso de cremes vaginais.

Cuidados com a Alimentação durante a Gravidez

A gravidez é um período mágico para qualquer mulher. No entanto, esta é também uma fase marcada por várias mudanças (psicológicas, físicas, emocionais e hormonais) associadas ao processo de crescimento e desenvolvimento do bebé.

Devido a todas as mudanças ocorridas durante a gravidez, é necessário optar por hábitos de vida saudáveis e fazer uma alimentação equilibrada e saudável, a fim de evitar o aumento excessivo de peso

Durante a gravidez não se deve fazer dieta para emagrecer, mesmo que o aparecimento de doenças como a diabetes e a hipertensão gestacional.e esteja acima do peso médio. No entanto, também não deverá “comer por dois”, como vulgarmente se diz; o que é fundamental é fazer uma alimentação saudável e equilibrada para que consiga obter a quantidade adequada de nutrientes para suprir as suas necessidades nutricionais e as do bebé.

Dicas para ter uma Gravidez Saudável

Durante a gravidez, é comum as mulheres serem bombardeadas com conselhos e dicas de saúde sobre o que podem e não podem fazer para terem uma gravidez saudável e, muitas vezes, sentem-se confusas com tanta informação (não solicitada) vinda do exterior.

Para ter certeza do que pode ou não fazer durante a gravidez e de como se comportar enquanto está grávida, deverá, em primeiro lugar, tentar entender os sinais do seu corpo e valorizar aquilo que sente verdadeiramente.

Depois de se “escutar”, tente manter-se devidamente informada acerca das atitudes que podem efetivamente ser benéficas, para si e para o bebé, durante a gestação. Muito do que ouve são mitos ou experiências pessoais das suas amigas ou familiares que podem não ter qualquer impacto na sua gravidez, mas não deverá descuidar o aconselhamento do obstetra e as informações que são verdadeiramente fidedignas e úteis para a ajudar na fase que está a viver.

Necessidades Nutricionais durante a Gravidez

A gravidez é o período mais maravilhoso da vida de uma mulher e, ao mesmo tempo, um dos que exige maior responsabilidade no sentido de manter um estilo de vida saudável. A nutrição durante a gravidez é uma componente fundamental e a alimentação deve ser o mais natural possível.

É costume pensar-se que a mulher grávida deve “comer por dois”. Mas este mito está totalmente errado. A mulher deve, sim, saber quais as necessidades nutricionais próprias da gravidez, para que possa manter uma alimentação saudável, para si e para o seu bebé.

Deverá sempre ter em mente que as opções alimentares que faz durante a gravidez não só irão influenciá-la a si, mas também ao bebé. Como tal, há uma série de cuidados a ter para levar uma gravidez saudável:

Azia durante a Gravidez

A azia (ou refluxo) é um sintoma comum a partir do segundo trimestre da gravidez. É tipicamente caracterizada por uma sensação desagradável de ardor no peito e garganta, à qual se associa o sabor ácido na boca.

O aparecimento da azia durante a gravidez deve-se ao aumento do útero e às alterações hormonais próprias desta fase. Vejamos em pormenor estes dois aspetos relevantes:

O espaço cada vez maior que o útero ocupa leva a que o estômago e o intestino sofram uma grande pressão e, consequentemente, a digestão se torne mais lenta. Esta pressão sobre estômago e o consequente desenvolvimento de gases fazem com que a comida suba de novo para o esófago;
As alterações hormonais durante a gravidez provocam grandes mudanças no corpo da mulher. Neste caso em particular, o aumento do nível da hormona progesterona leva a um relaxamento generalizado dos órgãos, nomeadamente do esfíncter esofágico inferior – válvula situada entre o estômago e o esófago. Embora se encontre normalmente bem fechado, o relaxamento deste órgão provocado pela variação dos níveis de progesterona leva a que conteúdo do estômago volte para o esófago, levando à irritação característica da azia.