Alimentação Saudável na Gravidez

Para manter uma alimentação saudável na gravidez deve dar atenção à qualidade dos alimentos e fazer uma alimentação equilibrada. Acima de tudo, há que ter bom senso. Ler mais »

Amamentação… a opção é da Mãe

A amamentação é um ato de total liberdade, que deve depende unicamente da mãe e da criança. Se num dado momento a opção for outra, nada muda em termos de Amor. Ler mais »

Azia durante a Gravidez

A azia é um sintoma comum a partir do segundo trimestre da gravidez. O seu aparecimento deve-se ao aumento do útero e às alterações hormonais que ocorrem. Ler mais »

Viver a Maternidade... prepare-se para Ser Mãe

Não há nenhum manual que a ensine a ser mãe. Mas neste artigo damos-lhe dicas úteis que a ajudam a preparar-se para viver a maternidade que cresce dentro de si. Ler mais »

Gestação: as 4 Primeiras Semanas

Começam a formar-se o cordão umbilical e a placenta, bem como as extremidades, os pulmões e o tubo neural no embrião. A mãe também sente grandes alterações... Ler mais »

 

Arquivos de Etiquetas: alimentação na gravidez

Alimentação Saudável na Gravidez

A alimentação da mulher durante a gravidez interfere ativamente na formação dos órgãos e sistemas do feto. Por isso, e especialmente nesta fase, é fundamental que a mulher dê atenção à qualidade dos alimentos que ingere, tendo o cuidado de moderar também a quantidade.

Ao contrário do que vulgarmente se diz, a grávida não deve “comer por dois”, mas sim pensar no bem-estar dos dois – mãe e feto. O facto de a grávida comer grandes quantidades de comida pode levar à obesidade materna e, como tal, não é saudável para si nem para o bebé.

Durante a gravidez, a mulher deve ter um aumento de peso entre 9 a 12 Kg em relação ao seu peso normal. A variação depende do facto de a mulher ser naturalmente mais forte ou mais magra. Qualquer aumento ou diminuição de peso exagerado nesta fase tem repercussões na saúde materna e fetal e, como tal, a grávida não deverá cometer excessos na alimentação ou fazer quaisquer tipos de jejuns.

Cuidados com a Alimentação durante a Gravidez

A gravidez é um período mágico para qualquer mulher. No entanto, esta é também uma fase marcada por várias mudanças (psicológicas, físicas, emocionais e hormonais) associadas ao processo de crescimento e desenvolvimento do bebé.

Devido a todas as mudanças ocorridas durante a gravidez, é necessário optar por hábitos de vida saudáveis e fazer uma alimentação equilibrada e saudável, a fim de evitar o aumento excessivo de peso

Durante a gravidez não se deve fazer dieta para emagrecer, mesmo que o aparecimento de doenças como a diabetes e a hipertensão gestacional.e esteja acima do peso médio. No entanto, também não deverá “comer por dois”, como vulgarmente se diz; o que é fundamental é fazer uma alimentação saudável e equilibrada para que consiga obter a quantidade adequada de nutrientes para suprir as suas necessidades nutricionais e as do bebé.

A Alimentação no 1º Trimestre de Gravidez

Assim que a gestante engravida, o seu organismo entra numa fase de poupança: como o fornecimento adicional de nutrientes não tem logo início, visto que o apetite sofrerá as consequências da adaptação à gravidez (náuseas, vómitos, repulsa de determinados alimentos…), o corpo reserva uma parte desses nutrientes para o embrião. Para o conseguir, o organismo despende menos energia, daí a mulher cansar-se mais facilmente e ter muito sono ao longo do dia. As ancas, a barriga e as mamas serão os locais de armazenamento dos nutrientes acumulados pela gestantes nesta fase.

No fim do primeiro trimestre  da gravidez, a gestante terá ganhado entre 1.5 e 1.8 kg, mesmo que tenha comido menos que o habitual.

Esta primeira fase da gravidez é o momento ideal para estabelecer hábitos de vida saudáveis durante os meses que se seguem. Para manter uma alimentação equilibrada, há alguns cuidados que deve ter:

A Alimentação no 2º Trimestre de Gravidez

As adaptações que o organismo fez nos últimos meses já não são suficientes para alimentar a vida que cresce, cada vez mais depressa, na barriga da mãe. Por isso, no segundo trimestre de gravidez, é altura para aumentar o fornecimento calórico da dieta.

A mulher começará agora a comer para dois (mas não a “comer por dois”!). A alimentação deverá, pois, atender não só às necessidades nutricionais da grávida, mas também às do feto. Assim, há determinados cuidados que deverá ter nesta fase.

Cuidados a ter com a alimentação no segundo trimestre:

Como Combater a Prisão de Ventre durante a Gravidez

A prisão de ventre é um problema muito comum durante a gravidez, afetando duas em cada três gestantes. Isto acontece porque o corpo da mulher passa por muitas mudanças, físicas e hormonais, no período da gravidez.

A obstipação pode agravar-se a partir do segundo trimestre, quando o feto está maior e, por isso faz maior pressão sobre o intestino da gestante. Em casos mais graves, a mulher chega mesmo a desenvolver hemorroidas.

Os medicamentos devem ser evitados ao máximo, sendo consumidos somente mediante prescrição médica.