Saiba como Emagrecer após o Parto


recuperar a forma depois do parto

Após o parto e já em casa com o seu bebé, está na hora derecuperar a boa forma física. Conheça os tratamentos e massagens que a podem ajudar a atingir os objetivos emagrecer depois do parto. Existem mesmo opções de tratamentos estéticos que prometem atuar definitivamente em problemas como a flacidez muscular e a retenção de líquidos.

Veja qual a técnica que mais lhe convém para emagrecer e recuperar a boa forma física após o parto:

  • Alphalipo
    Indicado para a redução de medidas, acciona um emagrecimento harmonioso mesmo nas zonas de depósito de gordura mais resistentes (ancas, abdómen, nádegas e coxas). O aparelho emite luzes em infra-vermelho e ondas filtradas que ajudam a queimar gorduras nas camadas mais profundas. Além disso, activa o metabolismo e ajuda a diminuir as medidas. É indicado para a perda rigorosa de medidas e promove um emagrecimento eficaz.
    O resultado pode ser visto a partir da quarta sessão. Mas o ideal são 5 sessões por semana. Em 2 meses, é possível perder até 10 cm.

  • Carboxiterapia
    Técnica estética que injecta gás carbónico no tecido subcutâneo utilizando-se um aparelho com uma agulha muito fina. Os resultados são uma melhoria da circulação e oxigenação dos tecidos, bem como redução da celulite, gordura localizada e flacidez. Uma vez que a carboxiterapia também estimula a formação de colageno e de novas fibras elásticas, pode ser indicada para o tratamento de estrias, olheiras, e rejuvenescimento facial e corporal.
  • Cellutec (também conhecida por endermologia ou vacuoterapia)
    É uma massagem vibratória feita por rolinhos, que giram amassando e esticando a pele. Existem rolinhos específicos para massajar as nádegas, coxas e costas, além de alguns específicos para drenagem linfática e activação da circulação sanguínea. O segredo está na potência dos cilindros, que conseguem separar as células de gordura e as fibras endurecidas que formam as célebres celulites de grau um pouco mais avançado. O tratamento tem por objectivo estimular a drenagem de líquidos do corpo, a fim de combater a retenção de líquidos  e a celulite.
  • Corpo 02
    Esta técnica é especialmente indicada para as mulheres que acabaram de dar à luz. Este tratamento electroterápico consegue trabalhar com bastante precisão a musculatura que está sob a pele em locais como barriga, especialmente a parte debaixo do umbigo, que tende a ficar flácida após o parto. O equipamento funciona à base de eléctrodos, que ficam presos ao corpo e estimulam os músculos e o seu enrijamento com os impulsos eléctricos; é importante que os eléctrodos estejam conectados aos pontos motores de cada músculo para os resultados aparecerem.
  • Manthus
    O equipamento utiliza o poder dos
    ultra-sons, que fragmentam as moléculas de gordura, associado à corrente eléctrica para acelerar a queima da gordura e a electroporação, em que ondas electromagnéticas abrem os poros e permitem um tratamento mais profundo. Actuando nas gorduras localizadas e aumentando a reabsorção de hematomas (comuns no pós-cirúrgico), o Manthus é eficaz na diminuição de medidas, na revitalização da pele e pode ser usado nas coxas, ancas, nádegas e abdómen.
  • Massagem turbinada PLUS
    Esta intensa massagem modeladora começa com uma esfoliação corporal, que prepara o corpo para receber um produto à base de gengibre. Funciona como activador da circulação e faz um aquecimento do corpo. Depois, é feita a massagem, com movimentos rigorosos e drenantes, usando um produto à base de arnica. Nas coxas e nádegas, é passado um rolo feito de pinos e ventosas. O abdómen recebe a massagem com as mãos. Em seguida, é colocado um gesso lipolíptico modelador durante 30 minutos. Para finalizar, é usado um creme crioterápico à base de algas, pois a diferença entre as temperaturas ajuda a partir moléculas de gordura. Para optimizar os resultados, é necessário seguir uma alimentação saudável e fazer exercício físico regularmente.
  • Phydias
    Tratamento óptimo para as mães que ficaram com flacidez muscular após o parto. O aparelho funciona à base de eletroestimulação (contração dos músculos), sendo um dos pioneiros na utilização da chamada corrente russa. Ajuda a melhorar o tónus muscular e pode ser utilizado no tratamento da obesidade. Este tratamento está, no entanto, interdito a mulheres que ainda amamentam.
  • Terapia Combinada
    Como o nome indica, trata-se de uma combinação de várias técnicas:
    • Crioterapia – arrefece o tecido, obrigando o organismo a aquecer-se e, deste modo, queimar calorias;
    • Estimulação russa – define a silhueta, fortificando as fibras musculares;
    • Massagem modeladora, essencial para adelgaçar o corpo. A massagem utiliza a mistura de hera, extracto de algas puras e alecrim que aceleram o metabolismo das células da epiderme. Aplicada com movimentos vigorosos e deslizantes, a técnica activa a circulação e dissolve a gordura localizada, levando à eliminação das toxinas drenadas e à produção de colageno e elastina. A compressão combate directamente as gorduras mais difíceis de libertar e alcança também bons resultados contra a celulite.
    • Ultra-sons – ajudam a dissolver os nódulos de gordura.
      Em 30 dias, pode-se perder até 6 cm, sendo o resultado visível a partir da quinta sessão.

Aproveitando os benefícios de qualquer uma das técnicas aqui apresentadas ou até fazendo sessões de exercício físico, em casa, desfrutando da presença do seu bebé, poderá emagrecer e perder os quilos que ganhou durante a gravidez.





  2 Comments

2 Respostas para Saiba como Emagrecer após o Parto

  1. elida diz:
    Já faz seis mes que tive meu filho, só que agora estou com a barriga flácida e em baixo, perto da virilha, também está. O que faço?
  2. sonia diz:
    Depois da crioterapia pode fazer a corrente russa no mesmo dia?

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>