Consultas Médicas e Exames durante a gravidez

Antes de engravidar, procure fazer uma consulta com o ginecologista para se certificar que tudo está bem com o seu organismo e que não tem quaisquer problemas de saúde.

Nesta consulta pré-concecional, o médico pedir-lhe que faça análises e recomendar que comece a tomar um suplemento de ácido fólico. Nesta altura, será também pesada e ser-lhe-á medida a tensão arterial, para que se recolham dados que sirvam de referência para estabelecer uma comparação da situação clínica antes e depois de engravidar.

A partir do momento em que começa a tentar engravidar, deverá estar atenta aos sintomas que possam surgir. De todos os sintomas, o que começa por chamar a atenção é o atraso menstrual, embora este facto, por si só, possa não ter qualquer relação com uma possível gravidez. Por isso, caso note um atraso na menstruação, eventualmente associado a um outro sintoma comum que é uma sensação de inchaço no peito, deverá fazer um teste de gravidez para confirmar se está efetivamente grávida.

Saiba como Emagrecer após o Parto

Após o parto e já em casa com o seu bebé, está na hora derecuperar a boa forma física. Conheça os tratamentos e massagens que a podem ajudar a atingir os objetivos emagrecer depois do parto. Existem mesmo opções de tratamentos estéticos que prometem atuar definitivamente em problemas como a flacidez muscular e a retenção de líquidos.

Veja qual a técnica que mais lhe convém para emagrecer e recuperar a boa forma física após o parto:

  • Alphalipo
    Indicado para a redução de medidas, acciona um emagrecimento harmonioso mesmo nas zonas de depósito de gordura mais resistentes (ancas, abdómen, nádegas e coxas). O aparelho emite luzes em infra-vermelho e ondas filtradas que ajudam a queimar gorduras nas camadas mais profundas. Além disso, activa o metabolismo e ajuda a diminuir as medidas. É indicado para a perda rigorosa de medidas e promove um emagrecimento eficaz.
    O resultado pode ser visto a partir da quarta sessão. Mas o ideal são 5 sessões por semana. Em 2 meses, é possível perder até 10 cm.

Fraqueza e Desmaios durante a Gravidez

As fraquezas e desmaios são sintomas comuns durante a gravidez e podem estar associados à hipotensão (pressão arterial baixa) ou hipoglicemia (baixo nível de glicose no sangue).

Qualquer um destes sintomas se pode manifestar na sequência de mudanças bruscas de posição, quando a grávida faz jejum ou fica muito tempo sem comer (o que é totalmente desaconselhado e origina inevitavelmente fraqueza).

Normalmente, a sensação de desfalecimento, que pode levar ao desmaio, é atenuada quando a gestante se deita de lado (do esquerdo preferencialmente, onde se encontra o coração), mantendo uma respiração calma e profunda.

Exercício Físico durante a gravidez

A prática de exercício físico durante a gravidez é fundamental para a gestante e para o bebé. Os exercícios físicos ajudam a manter uma boa saúde física e mental da mãe, além de prevenirem possíveis problemas de saúde, ao mesmo tempo que ajudam a minimizar desconfortos. Em relação ao feto, os exercícios permitem-lhe uma melhor oxigenação e favorecem a irrigação sanguínea.

No entanto, há que ter em conta que, apesar da importância que a prática de exercício físico tem durante toda a gravidez, há determinados exercícios que não são aconselhados durante este período.

A gestante deverá falar com o obstetra que a segue, para que este a aconselhe exercícios indicados para a sua situação específica, ou até se não deverá praticar qualquer tipo de exercício (sobretudo nos casos em que há problemas no desenvolvimento fetal e é recomendado o repouso absoluto da mãe).

Segundo Trimestre da Gravidez

O segundo trimestre da gravidez vai das 13 às 28 semanas.

Nesta fase a grávida sente-se menos nauseada, ao mesmo tempo que aumentam os seus níveis de energia, bem-estar geral e humor.

No entanto, a nível físico, é durante o segundo trimesmtre que as estrias podem aparecer, a par do aumento da barriga e dos seios. Também é bastante comum surgir na barriga uma linha vertical pigmentada a partir o umbigo, que se desvanece mais tarde – frequentemente após o nascimento do bebé.