Técnicas e Vantagens da Massagem Shantala

A massagem Shantala é feita em bebés a partir de um mês de idade.

O objetivo principal desta massagem é proporcionar momentos de bem-estar e estreitar a interação dos pais com o(s) seu(s) filho(s). Além destes, destacam-se como mais-valia da massagem o facto de acalmar o bebé, eliminar gases, cólicas e prisão de ventre ou ainda proporcionar-lhe um sono mais tranquilo. A shantala tem ainda a vantagem de trabalhar a musculatura e as articulações do bebé, uma vez que são feitos movimentos repetidos e alongamentos em todo o corpo.

Esta massagem é indicada sobretudo na fase em que o bebé ainda não controla os movimentos do corpo, uma vez que funciona como estímulo dos mesmos. No entanto, mesmo numa fase posterior, os pais podem perfeitamente continuar a prática da massagem devido ao bem-estar que proporcionam ao seu filho.

Cuidados a ter durante a Amamentação

Enquanto amamenta o bebé, a mulher deve ter um cuidado redobrado com a sua alimentação, assim como em manter hábitos de vida saudáveis. Há, pois, alguns alimentos e/ou hábitos que podem ser nocivos para o bebé e que, por isso, devem ser evitados ao máximo.

Cuidados a ter durante a amamentação

  • Não fume!
    Entre outros riscos para a saúde do bebé, o tabaco aumenta o risco de morte súbita e doenças respiratórias. Além disso, na mulher, a nicotina diminui as concentrações de prolactina e oxitocina e, consequentemente, a produção de leite.

Azia durante a Gravidez

A azia (ou refluxo) é um sintoma comum a partir do segundo trimestre da gravidez. É tipicamente caracterizada por uma sensação desagradável de ardor no peito e garganta, à qual se associa o sabor ácido na boca.

O aparecimento da azia durante a gravidez deve-se ao aumento do útero e às alterações hormonais próprias desta fase. Vejamos em pormenor estes dois aspetos relevantes:

O espaço cada vez maior que o útero ocupa leva a que o estômago e o intestino sofram uma grande pressão e, consequentemente, a digestão se torne mais lenta. Esta pressão sobre estômago e o consequente desenvolvimento de gases fazem com que a comida suba de novo para o esófago;
As alterações hormonais durante a gravidez provocam grandes mudanças no corpo da mulher. Neste caso em particular, o aumento do nível da hormona progesterona leva a um relaxamento generalizado dos órgãos, nomeadamente do esfíncter esofágico inferior – válvula situada entre o estômago e o esófago. Embora se encontre normalmente bem fechado, o relaxamento deste órgão provocado pela variação dos níveis de progesterona leva a que conteúdo do estômago volte para o esófago, levando à irritação característica da azia.

Cólicas e refluxos na adaptação do bebé ao leite materno

O leite materno é fundamental para o crescimento e saúde do bebé, fornecendo-lhe todos os nutrientes de que precisa – proteínas, gorduras, hidratos de carbono, minerais e vitaminas. Além disso, devido às imunoglobulinas, linfócitos e outras células de defesa presentes no leite da mãe, o aleitamento materno protege a criança contra infecções.

Até o sexto mês de vida, o leite materno deve ser a única alimentação do bebé, embora na fase de adaptação à amamentação surjam situações, como as cólicas e refluxos, que requerem especial cuidado e atenção por parte da mãe.

Nos primeiros dias, o recém-nascido mama pouco leite, pois o estômago é pequeno e o ele cansa-se mais facilmente. Por isso, os intervalos para mamar são curtos (o comum é ocorrerem de hora em hora). À medida que vai crescendo, o bebé já consegue mamar durante mais tempo, pois a capacidade do estômago é maior e passará a fazê-lo, em média, a cada três horas.

Deve-se fazer a criopreservação de células estaminais?

Quando se aproxima o final da gravidez, surge quase sempre o dilema da criopreservação das células estaminais na discussão de qualquer casal. Isto passa-se sobretudo porque é um tema bastante controverso, há muita informação e contra informação em torno deste assunto e, por outro lado, ainda não há resultados que comprovem a sua eficácia efetiva.

A criopreservação é uma prática que permite manter conservada uma amostra de sangue ou de tecido, a baixas temperaturas (cerca de 196 graus negativos), em azoto líquido, e garantir que a sua composição permanece inalterada, por tempo indeterminado, ou pelo menos durante algum tempo.

As células estaminais são células indiferenciadas com capacidade para dar origem a diferentes tipos de células diferenciadas, que constituem os tecidos e órgãos do corpo humano.