Nutrientes que não podem faltar durante a Gravidez


gravidez: o que não pode faltar na alimentação

Durante a gravidez o seu corpo precisa de mais nutrientes, que vão manter a sua saúde e garantir o desenvolvimento do seu bebé. Veja a seguir o que não pode faltar no seu regime diário para que possa seguir uma alimentação equilibrada nesta maravilhosa fase da sua vida:

Ácido fólico
Também conhecido como vitamina B9, o ácido fólico ajuda a formar o tecido nervoso e as células sanguíneas do bebé. A falta deste nutriente pode causar doenças e mal-formações no feto. O ácido fólico poderá ser encontrado em vegetais verde escuros, fígado, leguminosas e citrinos, mas é difícil prover a necessidade diária na gravidez (600 microgramas) só com a alimentação. Grande parte das vezes, o médico indica um suplemento alimentar capaz de suprir as necessidades do organismo.

Cálcio
Para formar os ossos do bebé, você tem que reforçar o consumo de cálcio na sua alimentação. Uma grávida precisa de 1.300 miligramas de cálcio por dia (30% a mais do que o normal).
Encontra o cálcio no leite e no iogurte e também em queijos (de preferência magros).

Ferroalimentaçao gravidez
No final da gravidez, o volume de sangue no corpo da mulher terá aumentado até 50%, a fim de suprir as necessidades do ser que está a gerar. Se a alimentação não for reforçada com mais ferro, é comum a grávida desenvolver anemia. A anemia diminui a capacidade do sangue de distribuir o oxigénio para as células e causa, entre outros problemas, fraqueza, cansaço e tonturas.
Feijão, carne vermelha e verduras escuras (como espinafre) são boas fontes de ferro, mas poderá ser aconselhada pelo médico a tomar um suplemento alimentar.

Fibras
Conforme aumenta de tamanho, o útero pressiona o intestino, o que pode causar prisão de ventre em algumas grávidas, agravada pelas alterações hormonais ocorridas durante a gravidez, que deixam o funcionamento do intestino mais lento. Por isso, o consumo de fibras presentes em frutas, verduras e cereais integrais é fundamental para manter o corpo regularizado e evitar a prisão de ventre.

Proteínas
Presente em todos os tipos de carnes, em leguminosas como feijão e no leite e seus derivados, as proteínas são um nutriente importantíssimo para a construção dos músculos do bebé. É, pois, recomendada a ingestão de 60 gramas de proteínas por dia, o equivalente a dois bifes.

Vitaminas
As vitaminas têm variadíssimas funções para a saúde da grávida e do bebé. Deve manter uma alimentação bem variada e colorida, com bastantes frutas, legumes, verduras, nozes, carnes magras, derivados de leite e cereais integrais, a fim de suprir todas as necessidades do organismo. Mas o médico poderá indicar um suplemento alimentar, caso julgue necessário.





  No comments

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>