O que levar para a maternidade?


o que levar para a maternidade

A maternidade é um desafio constante para qualquer mulher e, ao longo de todo o percurso da gravidez, aparecem questões que vão provocando alguma ansiedade e emoção.

O que levar para a maternidade é uma das questões que começa a estar presente quando se aproxima o final da gravidez e que causa alguma inquietação. Mas não há razão para criar ansiedade, é tudo uma questão de organização e gestão emocional.

Por uma questão prática, deverá fazer duas malas, uma para si e outra para o seu bebé. Assim, será mais fácil encontrar tudo o que precisa quando estiver na maternidade.

É de relembrar que a(s) mala(s) que vai levar para a maternidade deve(m) ser preparada(s) antes da data prevista para o parto. A partir da 36ª semana, o bebé poderá nascer a qualquer altura, como tal convém ter tudo pronto a partir daí para assegurar a tranquilidade necessária para o nascimento.

Deixamos-lhe uma lista com tudo o que deve levar na mala da maternidade, sua e do bebé.

Na mala da mãe:

  • 2 camisas de dormir ou pijamas de amamentação (poderá vir a necessitar de outro, pois após o parto os sangramentos são comuns. No entanto, se tal for necessário, o seu marido ou familiares poderão levá-lo depois);
  • 2 soutiens de amamentação;
  • 6 cuecas descartáveis ou de algodão que sejam bastante confortáveis. Independentemente do tipo de parto que tiver, normal ou cesariana, terá de usar absorventes e poderá ter de substituir a roupa interior;
  • 1 roupão para andar circular pela maternidade e receber as visitas (opcional);
  • 1 par de chinelos de quarto e outro de chinelos de banho;
  • 1 conjunto de toalhas de rosto e de banho (caso prefira usar as suas em vez das que são dadas no hospital);
  • Produtos de higiene diária (champô, gel de banho, escova e pasta de dentes, escova para o cabelo, cremes hidratantes, creme protetor de mamilos, pensos higiénicos e discos absorventes);
  • Alguns sacos para a roupa suja;
  • Uma roupa confortável para quando sair da maternidade;
  • Lista com os contactos das pessoas a quem pretende comunicar o nascimento do bebé.

Na mala do bebé:

Convém levar mais roupa do que aquela que julga ser necessária, pois deve ter reservas para garantir que não haverá imprevistos.

  • Saco da primeira roupa, já feito e colocado no cimo do saco da roupa para ser fácil de encontrar quando tiver de ser entregue pelo pai ou outro familiar na sala de partos;
  • 6 babygrows ou conjuntos de recém-nascido adequados à estação;
  • 6 bodies ou camisinhas interiores  adequados à estação;
  • 6 calcinhas interiores com pé;
  • 4 botinhas de lã ou meias de algodão;
  • 6 babetes;
  • 2 casaquinhos adequados à estação, de preferência com botões à frente e que não tenham de passar pela cabeça;
  • 1 gorro de algodão ou lã, dependendo da estação;
  • Algumas fraldas de pano para colocar no ombro para o bebé arrotar;
  • 1 manta de algodão para proteger o bebé (se preferir, pode usar uma fralda de pano);
  • 1 cobertor ou xaile adequado à estação;
  • 1 chupeta para recém-nascido;
  • biberão anti-cólicas;
  • 2 toalhas de banho;
  • Produtos de higiene próprios para o bebé, com PH neutro e sem perfume (sabonete ou gel de banho, loção hidratante, óleo de amêndoas doces, álcool a 70% e compressas);
  • Sacos para a roupa suja.

Lembre-se que deve lavar todas as peças com detergente da roupa para bebé  e de colocar roupas que sejam adequadas à época do ano em que o bebé irá nascer. Embora os bebés precisem de ser mantidos quentes após o nascimento, uma vez que não conseguem manter a sua temperatura corporal, convém não exagerar nos agasalhos, pois o ambiente nas maternidades já é aquecido e, agasalhando demasiado o bebé, estará a sujeitar o seu filho a um desconforto desnecessário.

Além da mala da maternidade, que deverá estar pronta com antecedência, como vimos, tenha sempre consigo os seus documentos de identificação e os registos da gravidez (livro de grávida, ecografias e exames realizados). Assim, terá tudo aquilo de que precisa e evitará situações de stresse nos momentos finais da gravidez, em que terá de aguardar pelo parto mantendo-se focada somente naquilo que importa – o seu bem-estar e o do bebé.

mala da maternidade





  No comments

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>