A Gravidez na Adolescência pode ser de Risco


gravidez na adolescência

Há um mito, mesmo entre os médicos, de que a gravidez é mais saudável em mulheres jovens. No entanto, pesquisas recentes indicam que não passa disso mesmo.

Este estigma baseia-se no princípio de que a gravidez na adolescência é positiva porque uma mulher jovem tende a ser mais saudável. Além de esta não ser uma verdade absoluta, a gravidez na adolescência pode implicar uma gravidez de risco.

Os riscos para mães adolescentes são basicamente os mesmos que para mães adultas – quando estamos a falar de mulheres saudáveis, é claro.

De entre os problemas que poderão surgir na sequência de uma gravidez de risco nas adolescentes, podemos destacar o defeito no fecho do tubo neural do bebé, que poderá originar doenças como:

  • Dificuldade em urinar e evacuar
  • Diminuição de QI
  • Hidrocefalia
  • Problemas de locomoção

Estas anomalias podem ser comuns na gestação de adolescentes, sobretudo as mais jovens, por o seu próprio corpo ainda se encontrar em desenvolvimento. E é exactamente por esta razão que a gravidez na adolescência pode ser considerada gravidez de risco.

Apesar da tendência de as mulheres engravidarem cada vez mais tarde, decorrente dos parâmetros da sociedade moderna, tem vindo também a registar-se um aumento de grávidas adolescentes.
Este é um dado que deve ser tido em conta em termos de saúde pública, não só por levantar questões acerca da importância da contraceção, como também por estar muitas vezes associado à falta de cuidados pré-natais (uma vez que as adolescentes tendem a esconder ao máximo a sua gravidez).





  No comments

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>