Alimentação Saudável na Gravidez

Para manter uma alimentação saudável na gravidez deve dar atenção à qualidade dos alimentos e fazer uma alimentação equilibrada. Acima de tudo, há que ter bom senso. Ler mais »

Amamentação… a opção é da Mãe

A amamentação é um ato de total liberdade, que deve depende unicamente da mãe e da criança. Se num dado momento a opção for outra, nada muda em termos de Amor. Ler mais »

Azia durante a Gravidez

A azia é um sintoma comum a partir do segundo trimestre da gravidez. O seu aparecimento deve-se ao aumento do útero e às alterações hormonais que ocorrem. Ler mais »

Viver a Maternidade... prepare-se para Ser Mãe

Não há nenhum manual que a ensine a ser mãe. Mas neste artigo damos-lhe dicas úteis que a ajudam a preparar-se para viver a maternidade que cresce dentro de si. Ler mais »

Gestação: as 4 Primeiras Semanas

Começam a formar-se o cordão umbilical e a placenta, bem como as extremidades, os pulmões e o tubo neural no embrião. A mãe também sente grandes alterações... Ler mais »

 

Arquivos Mensais: Julho 2019

Shantala, Massagem para bebés

Shantala é um tipo de massagem para bebés que se baseia numa técnica milenar indiana fortemente influenciada pelas tradições do Yoga e da Medicina Ayurvédica. Esta é uma das massagens mais divulgadas atualmente, pois consiste num momento diário de afeto privilegiado entre a mãe e o bebé.

Foi o Dr. Frederick Leboyer, um obstetra francês, que trouxe esta técnica para o Ocidente depois de ter observado uma mulher numa calçada pública em Pilkhana, Calcutá, a massajar o seu bebé. O ambiente que percorrera até então era completamente hostil, mas a cena da massagem, a beleza e harmonia dos movimentos daquela mãe encantaram-no.

O nome da mulher era Shantala, ela era paraplégica e estava numa associação de caridade. Leboyer pediu-lhe para a fotografar filmar e durante dias acompanhou as massagens que ela fazia ao seu bebé, captando atentamente cada movimento. O médico fez o possível para que as fotografias exprimissem a profundidade e o amor envolvidos.

Mudanças na Gravidez

A gravidez é uma fase em que há grandes mudanças no corpo da mulher, enquanto gera uma nova vida dentro de si.

À medida que o embrião cresce até ser um bebé, o corpo da mulher sofre muitas mudanças. Além dos ajustes necessários para criar espaço para o bebé crescer, a mãe pode sofrer alterações de humor, náuseas, fadiga, estresse e dores nas costas. Todos estes são sintomas normais durante a gravidez, sendo o desconforto maior durante os primeiros meses. No entanto, há que ter em atenção que, como todas as mulheres são únicas, os sintomas podem não ser os mesmos que outra mulher sofre durante o período de gestação.

Mudanças que se fazem sentir em cada trimestre da gravidez

O que levar para a maternidade?

A maternidade é um desafio constante para qualquer mulher e, ao longo de todo o percurso da gravidez, aparecem questões que vão provocando alguma ansiedade e emoção.

O que levar para a maternidade é uma das questões que começa a estar presente quando se aproxima o final da gravidez e que causa alguma inquietação. Mas não há razão para criar ansiedade, é tudo uma questão de organização e gestão emocional.

Por uma questão prática, deverá fazer duas malas, uma para si e outra para o seu bebé. Assim, será mais fácil encontrar tudo o que precisa quando estiver na maternidade.

Guia da Gravidez: da 37ª à 40ª semana

Com trinta e sete semanas de gravidez, não há muito mais a fazer além de esperar pelo momento que o bebé escolher para nascer. Já não há lugar para muitas mudanças no seu bebé, apenas o aumento de tamanho e de peso, cada vez menor.

37ª semana de gravidez

O bebé tem agora sensivelmente 48 cm de comprimento e cerca de 2900 gramas, peso e altura mais que suficientes para se poder desenvolver de forma saudável, aquando do seu nascimento.

O Chá de Bebé e a Preparação do Enxoval

O chá de bebé é um evento ancestral, muito comum no Brasil, que começa a estar cada vez mais presente em vários outros países.

O evento consiste em organizar um pequeno convívio com as amigas e pessoas mais chegadas, no decorrer do último trimestre da gravidez – normalmente entre o sexto e o oitavo mês. Para lá do prazer do encontro e convívio, a chegada do bebé é preparada com as pessoas mais próximas da gestante, sendo oferecidas coisas que faltam para completar o enxoval do bebé.

Embora seja um encontro tradicionalmente feminino, os homens serão com certeza bem-vindos mas, por norma, evita-se levar crianças.