Alimentação Saudável na Gravidez

Para manter uma alimentação saudável na gravidez deve dar atenção à qualidade dos alimentos e fazer uma alimentação equilibrada. Acima de tudo, há que ter bom senso. Ler mais »

Amamentação… a opção é da Mãe

A amamentação é um ato de total liberdade, que deve depende unicamente da mãe e da criança. Se num dado momento a opção for outra, nada muda em termos de Amor. Ler mais »

Azia durante a Gravidez

A azia é um sintoma comum a partir do segundo trimestre da gravidez. O seu aparecimento deve-se ao aumento do útero e às alterações hormonais que ocorrem. Ler mais »

Viver a Maternidade... prepare-se para Ser Mãe

Não há nenhum manual que a ensine a ser mãe. Mas neste artigo damos-lhe dicas úteis que a ajudam a preparar-se para viver a maternidade que cresce dentro de si. Ler mais »

Gestação: as 4 Primeiras Semanas

Começam a formar-se o cordão umbilical e a placenta, bem como as extremidades, os pulmões e o tubo neural no embrião. A mãe também sente grandes alterações... Ler mais »

 

Arquivos Mensais: Maio 2018

Fraqueza e Desmaios durante a Gravidez

As fraquezas e desmaios são sintomas comuns durante a gravidez e podem estar associados à hipotensão (pressão arterial baixa) ou hipoglicemia (baixo nível de glicose no sangue).

Qualquer um destes sintomas se pode manifestar na sequência de mudanças bruscas de posição, quando a grávida faz jejum ou fica muito tempo sem comer (o que é totalmente desaconselhado e origina inevitavelmente fraqueza).

Normalmente, a sensação de desfalecimento, que pode levar ao desmaio, é atenuada quando a gestante se deita de lado (do esquerdo preferencialmente, onde se encontra o coração), mantendo uma respiração calma e profunda.

Exercício Físico durante a gravidez

A prática de exercício físico durante a gravidez é fundamental para a gestante e para o bebé. Os exercícios físicos ajudam a manter uma boa saúde física e mental da mãe, além de prevenirem possíveis problemas de saúde, ao mesmo tempo que ajudam a minimizar desconfortos. Em relação ao feto, os exercícios permitem-lhe uma melhor oxigenação e favorecem a irrigação sanguínea.

No entanto, há que ter em conta que, apesar da importância que a prática de exercício físico tem durante toda a gravidez, há determinados exercícios que não são aconselhados durante este período.

A gestante deverá falar com o obstetra que a segue, para que este a aconselhe exercícios indicados para a sua situação específica, ou até se não deverá praticar qualquer tipo de exercício (sobretudo nos casos em que há problemas no desenvolvimento fetal e é recomendado o repouso absoluto da mãe).

Segundo Trimestre da Gravidez

O segundo trimestre da gravidez vai das 13 às 28 semanas.

Nesta fase a grávida sente-se menos nauseada, ao mesmo tempo que aumentam os seus níveis de energia, bem-estar geral e humor.

No entanto, a nível físico, é durante o segundo trimesmtre que as estrias podem aparecer, a par do aumento da barriga e dos seios. Também é bastante comum surgir na barriga uma linha vertical pigmentada a partir o umbigo, que se desvanece mais tarde – frequentemente após o nascimento do bebé.

Guia da Gravidez: da 5ª à 8ª semana

Neste capítulo do guia da gravidez iremos descrever um pouco o que acontece entre a 5ª e a 8ª semanas. Anteriormente abordámos os tópicos de o que fazer depois de saber que está grávida e demos início ao nosso guia, indicando as fases que vão desde a fecundação até ao final da 4ª semana de gravidez.

Acompanhando o nosso guia da gravidez, as futuras mamãs poderão acompanhar de perto o crescimento do seu bebé.

5ª semana de gravidez

Influência do Stress no Tratamento da Infertilidade

Se está a tentar engravidar há algum tempo e as diversas tentativas de conceção se revelam infrutíferas, está na altura de falar com o seu médico para fazer os exames necessários e, eventualmente, iniciar um tratamento de infertilidade com o seu marido.

O diagnóstico da infertilidade do casal, assim como os tratamentos e técnicas de reprodução assistida são processos que costumam ser longos. Este longo período de espera, associado à instabilidade psicológica própria desta fase, muitas vezes interfere no relacionamento do casal, chegando mesmo a ser tudo posto em causa. No entanto, mais do que nunca, o casal precisa de se manter unido no seu objetivo de formar uma nova família.

Lembre-se sempre de que, para conseguir engravidar, tão importante é o tratamento das causas físicas da infertilidade como manter o stresse o mais longe possível da relação. Deve dar-se a máxima atenção aos primeiros sinais de stresse nesta luta do casal contra a infertilidade, a fim de travar atempadamente o desalento e desgaste psicológico que em nada irão ajudar nesta fase.